quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Foliculite: Você sabe o que é?

Foliculite é uma infecção dos folículos pilosos causadas por bactérias, predominantemente do tipo estafilococos. A invasão bacteriana pode ocorrer espontaneamente ou favorecida pelo excesso de umidade ou suor, raspagem dos pelos ou depilação. Atinge crianças e adultos podendo surgir em qualquer localização onde existam pelos, sendo frequente na área da barba (homens) e na virilha (mulheres). 
Manifestações clínicas
Quando superficial, a foliculite caracteriza-se pela formação de pequenas pústulas ("bolhinhas de pus") centradas por pelo com discreta vermelhidão ao redor. Alguns casos não apresentam pus, aparecendo apenas vermelhidão ao redor dos pelos.
Quando as lesões são mais profundas, formam-se lesões elevadas e avermelhadas que podem ter ponto amarelo (pus) no centro. Pode haver dor e coceira no local afetado.

*Região da Axila com Foliculite.
 
 
No entanto, a foliculite pode ser desencadeada por certos fungos como o Tinea barbae (foliculite na barba), fungos do gênero Malassezia (foliculite pitirospórica), por vírus herpes simplex (foliculite herpética) e por outras bactérias como a Pseudomonas aeruginosa (foliculite bacteriana).
As áreas do corpo humano de maior ocorrência de foliculites são a face, o couro cabeludo, as axilas, as coxas, as nádegas e a virilha, que podem ser contaminadas por bactérias, fungos e vírus espontaneamente ou favorecida pela depilação, pelo atrito da roupa com a pele, excesso de umidade e suor, entre outros fatores.
Pessoas negras, asiáticas e com baixa imunidade possuem uma predisposição maior para desenvolver foliculites. Em pessoas com o sistema imunológico comprometido, como no caso de indivíduos aidéticos, desenvolve-se um tipo de foliculite chamado foliculite eosinofilica, onde a causa ainda é desconhecida. Já indivíduos negros e asiáticos, possuem maior formação de queratina sob a pele se comparados com os caucasianos, o que impede que o pêlo suba naturalmente à superfície da pele, causando infecção.
Pessoas com foliculite possuem como sintomas pústulas localizadas em torno de um folículo piloso, sendo que a área atingida fica avermelhada, apresenta coceira e em alguns casos ardor. O diagnóstico da doença é através da avaliação do aspecto da pele, sendo necessário a realização de teste laboratorial, para identificar o agente responsável pela infecção, seja ele fungo, bactéria ou vírus.


 
Dicas e Tratamentos:
O tratamento pode incluir o uso de antibióticos aplicados sobre a pele (mupirocina) ou tomado por via oral (dicloxacilina), e também medicamentos antifúngicos para controlar a infecção. É importante tratar a foliculite em seu estágio inicial para evitar que ela atinja outras áreas do corpo, cause a furunculose e deixe cicatriz na pele. É recomendado ainda lavar a pele infectada delicadamente com sabonete antibactericida, evitar depilar zonas irritadas e evitar utilizar tolhas úmidas e usadas.
Para prevenir o aparecimento de foliculite, deve-se evitar o uso constante de roupas apertadas; ao usar lâmina sobre a pele, manuseá-la com cuidado e não reutilizá-la; somente entrar em banheiras de hidromassagens devidamente limpas; evitar piscinas que não sejam tratadas com cloro; evitar alimentos gordurosos e optar por alimentos saudáveis, tais como os legumes, verduras e frutas.
 
Foliculite tem aparência semelhante à acne, mas ocorre em local diferente.

Lesões da foliculite são mais comuns nas costas, coxa, nuca e nádegas.
Já a acne, causada pela oleosidade, aparece mais no rosto, tronco e colo.

Esses dias passou uma reportagem no programa Bem Estar Bem super completa. Deixo o link aqui caso alguém queira consultar. O programa tratou o problema de maneira clara, explicativa e esclarecedora.
 
E vocês, também tratavam desse 'problemão' como sendo acne ou pelo encravado? Vale a pena ler o posto completo e se notar que é semelhante ao seu problema, procurar um dermatologista para tratar.
Aproveitem as dicas e dividam com alguma amiga que precise!
*Fontes consultadas: Wikipedia, Dermatologia.Net e Globo.com/Bemestar
 

7 comentários:

  1. nossa como é feio,se ja tive n lembro.

    ResponderExcluir
  2. Menina, já ouvir falar.
    PAssou ate essa semana, se eu n me engano no programa Bem estar.

    Acabei de fazer um post super legal, vem conferir?
    Se gostar, segue meu blog e curte minha fã page!

    http://gostosemaniias.blogspot.com.br/2013/01/dicas-de-esmaltacao-para-o-carnaval.html

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, no final da postagem eu comentei sobre a reportagem.

      Excluir
  3. Nossa amei esse post, conhecimento nunca é demais, parabéns pelo blog, obrigada pela visita ao meu cantinho.

    bjs Glamurosos!

    http://www.glamourgirlsmakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já vi uma reportagem sobre isso, muito chato né.
    Beijokas!
    http://diariodebelezapri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Não, a brotoeja é uma erupção cutânea. Ela aparece com maior frequência em bebês, em maiores quantidades e parece uma irritação. Já a foliculite lembra uma espinha (como nas imagens). Bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget